sábado, 31 de dezembro de 2011

Soneto da Saudade

Fonte: Google. Sem informações de autoria.
Guardo em minh'alma
O tempo em que te via
Cercado de alegria
E de pura fantasia.

Anseio
Por meus olhos nos teus
Tua pele na minha, amor
E por teu riso sedutor.

Lembrar aquele tempo
Em que tudo era luz de luar
Só faz mesmo a saudade aumentar.

Meu desejo ardente é
No mínimo mais uma vez.
Acariciar tua suave tez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário