segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Trajes

Fonte: Google. Sem informações de autoria.
Visto-me pela manhã
Com a vã esperança
De encontrar-te por aí
Em minhas andanças.

Preparo o melhor vestido
O mais lindo colar
Para quando
- ao dobrar a esquina -
Eu for te encontrar.

Porém
É ilusão acreditar
Que irei te encontrar
Pois sei que estás longe de mim
Meu bem.

Mas
- quando quiser -
Podes vir a qualquer hora
Não importa com que traje eu estiver
Em meus braços
Terás aconchego pra qualquer dor
Mesmo que ela seja
Uma terrível dor de amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário